top of page
  • Foto do escritorEngD

Dia 11 será marcado por Atos em todo país em Defesa do Estado Democrático de Direito

A “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em Defesa do Estado Democrático de Direito” já ultrapassou 800 mil assinaturas, na segunda-feira (8). O documento será lido nesta quinta-feira, dia11, no Largo de São Francisco, em São Paulo. Clique aqui e acesse o documento.


A EngD está entre os primeiros signatários da Carta, assinada pelo ex-presidente Lula (PT), além de outros presidenciáveis, como Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), Felipe D’Ávila (Novo), Soraya Thronicke (União Brasil), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (Unidade Popular) e José Maria Eymael (Democracia Cristã). Os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) também assinam, junto com centenas de milhares de artistas, intelectuais, ex-ministros e políticos.


Texto afirma que, próximos do período eleitoral, “ao invés de uma festa cívica, estamos passando por um momento de imenso perigo para a normalidade democrática, risco às instituições da República e insinuações de desacato ao resultado das eleições”.


“Ataques infundados e desacompanhados de provas questionam a lisura do processo eleitoral e o estado democrático de direito tão duramente conquistado pela sociedade brasileira. São intoleráveis as ameaças aos demais poderes e setores da sociedade civil e a incitação à violência e à ruptura da ordem constitucional”, continua o texto.


“Nossa consciência cívica é muito maior do que imaginam os adversários da democracia. Sabemos deixar ao lado divergências menores em prol de algo muito maior, a defesa da ordem democrática”, completa.


A EngD estará presente na leitura do documento, marcada para quinta-feira (11), às 11h, em ato no Largo de São Francisco (Faculdade de Direito USP), no centro de São Paulo. No entanto, manifestações em defesa democracia e contra o golpe acontecerão em vários estados.


Paulo Massoca, coordenador geral da EngD, convoca todos e todas a participarem das mobilizações em todo o país. “Em São Paulo, a EngD se une a outras entidade em concentração a partir das 9h30 no Sindicato dos Engenheiros de São Paulo. “De lá, seguiremos em caminhada, com faixas e adesivos da EngD, até o Largo de São Francisco. Junte-se a nós”, convida Massoca.


Confira a lista abaixo:


SUDESTE

São Paulo (SP) 09h – Ato em frente ao MASP (Avenida Paulista); 11h – Leitura da Carta às Brasileiras e aos Brasileiros, no Largo de São Francisco (Fac. de Direito da USP); 17h – Ato em frente ao MASP (Avenida Paulista)

Ribeirão Preto (SP) 10h – Faculdade de Direito da USP em Ribeirão Preto; 17h – Esplanada do Teatro Pedro II

Rio de Janeiro Rio de Janeiro – Candelária, às 16h

Minas Gerais Belo Horizonte – Praça Afonso Arinos, às 17h

NORTE

Amazonas Manaus – Praça da Saudade, às 15h

CENTRO-OESTE

Distrito Federal Brasília – ato no Congresso Nacional, às 15h. Goiás Goiânia – Praça Universitária, às 17h Mato Grosso do Sul Campo Grande – Câmara Municipal, às 10h

NORDESTE

Bahia Salvador – Praça do Campo Grande, às 9h

Ceará Fortaleza Praça da Bandeira, às 9h; Gentilândia, às 16h; Casa do Estudante, às 19h

Maranhão São Luís – Praça Deodoro, às 16h

Paraíba João Pessoa – Lyceu Paraibano, às 14h

Pernambuco Recife – Rua da Aurora, às 15h

Rio Grande do Norte Natal – Midway Mall, às 14h30

SUL

Paraná Curitiba – Praça Santos Andrade, às 15h30

Santa Catarina Florianópolis – Auditório da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), às 10h

23 visualizações

1 Comment


Odete dos Santos
Odete dos Santos
Aug 12, 2022

E a população de todos os lugares, profissões, generos, credos, e etc...todos que querem e lutam um regime democrata dee fato e creêm nas urnas eletrônicas.

Like
bottom of page