top of page

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA 2022

Prezados (as),


Neste domingo, 20 de novembro de 2022, ocorreu a 19ª Marcha da Consciência Negra na Avenida Paulista. Muito menos pessoas do que deveriam existir face à alta densidade populacional dos pretos e descendentes no Brasil. Mas, foi uma comemoração festiva e alegre. Sorridente, Carmelita, uma criancinha loirinha de 4 anos, ensaiava as primeiras coreografias ao ritmo do batuque da Ocupação Cultural Juholu.


Esse dia foi concebido em 1971, sem avançar por motivos óbvios, pelo Grupo Palmares em homenagem à morte de Zumbi de Palmares, o nosso maior líder da resistência antiescravagista.

· Em 09.01.2003, primeiro ano do governo Lula, a Lei 10.639 incluiu, na Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional, o ensino obrigatório da História e Cultura Afrobrasileira, incluindo a História da África.

· Em 10.11.2011, primeiro ano do governo Dilma, a Lei 12.519 instituiu o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra a ser comemorado todo 20 de novembro.

· Uma PL de 2017 (Governo Temer) transformou o dia em feriado nacional e foi aprovada no Senado em 09/2021, mas, por motivos inerentes à era bolsonarista, ainda aguarda exame da Câmara dos Deputados.


Concomitantemente a essas medidas legais de resgate da memória e tradições dos pretos e descendentes de nosso país, foram instituídos, nos governos Lula e Dilma, profundas medidas de inclusão racial, cultural e socioeconômicas. A comunidade afro reconhece e, por isso, apoiou majoritariamente a eleição de Lula: 57% contra 35% entre pretos e 49% a 43% entre os pardos.


Sem dúvida, há muito a fazer ainda e o terceiro mandato de Lula será o palco ideal para tanto. Quem sabe, no próximo ano, o Dia da Consciência Negra poderá registrar grandes avanços quantitativos na presença, qualitativos na qualidade de vida e, importante, nas próximas eleições, os pretos e pardos saberão consagrar, de forma absoluta no voto, aqueles que, realmente, apoiam a sua causa.


E, anseia-se, Carmelita possa comemorar no colo de sua terceira avó, hoje rejeitada por ser preta.


Saudações


César Cantu

São Paulo, 20.11.2022

[Se julgar pertinente contribuir para o incremento da consciência popular, faça seus comentários e repasse].

121 visualizações
bottom of page