top of page
  • Foto do escritorEngD

Pela declaração de apoio à chapa Lula-Alckmin


Com a finalidade de ilustrar algumas razões pelas quais considero que a EngD deve apoiar claramente, explicitamente, ativamente, a chapa Lula-Alckmin, encaminho um texto que escrevi em dezembro de 2020.


Bom dia. Esta conversa de voto impresso é somente para assegurar mais uma garantia de sucesso destes inomináveis. Na minha opinião, o inominável já está reeleito. Acredito nisso pelas razões abaixo.


Que situação a nossa. Neste momento atual, tenho certeza que o inominável tem tudo para ganhar a próxima eleição presidencial e todas as condições favoráveis para eleger senadores e deputados para lhe darem sustentação. Todas as porcarias que ele faz e fala, que parecem absurdas e surreais para qualquer indivíduo minimamente racional, na verdade, são dirigidas unicamente à parcela da população que o apoia incondicionalmente. Esta parcela corresponde a um terço da população, aproximadamente. É o que basta, pois, na eleição, tem um terço de abstenções, outro terço que se divide entre vários outros candidatos e o um terço de eleitores que votam nele incondicionalmente. Acho que estamos afundando cada vez mais, sem querer parecer pessimista.


O momento atual impõe a existência de somente duas posições: ou contra ou a favor do inominável. Não há alternativas. Acho que, enquanto os partidos ditos de oposição ficam se digladiando, cada um por si, cada um com um candidato próprio, isto é tudo que o inominável precisa, a divisão do um terço que vota contra ele. Assim, na minha opinião, cada político que não lutar pela união contra esta situação, estará, inexoravelmente, se posicionando a favor do lado de lá, do lado do inominável. Infelizmente, acho que é esta a nossa triste realidade, temos que reconhecer esta realidade maniqueísta para termos chances de desmontar a bomba relógio da nossa destruição.


Será que estou exagerando?


Infelizmente, parece que muita gente ainda não se convenceu do tamanho da nossa crise e do tamanho do desastre caso os inúteis continuem nos desgovernando tendo como norte, unicamente, os seus umbigos insaciáveis.


Enfim, rezo todos os dias para estar completamente equivocado. De qualquer forma, a chapa Lula-Alckmin está na frente nas pesquisas e parece ser a nossa única chance de recuperarmos um pouco do controle dos nossos destinos, um pouco da construção de instituições para desenvolver o país, um pouco da esperança de um dia podermos viver num país sem os atuais descalabros e desigualdades abissais.


Então, temos que arregaçar as mangas e atuar resolutamente para eleger Lula-Alckmin no primeiro turno e bancadas de deputados e senadores progressistas que garantam a sustentação no Congresso e em Assembleias Estaduais de programas de governo que objetivem a reconstrução do país, pois, vamos ter que começar tudo de novo.


São Paulo, 15 de julho de 2022.


Pedro Pereira de Paula

Relator do Conselho Fiscal da EngD


142 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page