top of page
  • Foto do escritorEngD

Viva o 1º de Maio da Esperança, Democracia e Soberania!


O Dia Internacional dos Trabalhadores remonta à heroica jornada de luta em Chicago, em maio 1886, pela diminuição da carga de trabalho diário de treze para oito horas. É a data mais abrangente e de maior amplitude internacional do movimento sindical.


No Brasil este 1º de Maio Unificado saúda um novo tempo e disposição de luta pela

revogação dos marcos regressivos da legislação trabalhista feitas nos últimos seis anos. Em especial, a revalorização do salário mínimo nacional que deve ser recomposto em seu poder de compra.


Emprego, Renda, Direitos e Democracia sintetizam os quinze itens reivindicatórios das Centrais Sindicais e dos movimentos sociais balizados na Conferência das Classes Trabalhadoras - Conclat 2022. O ganho real conquistado de 77% acima da inflação do salário mínimo no período 2003/2017 precisa ser retomado nos próximos anos. Isso diz respeito a 54 milhões de trabalhadores e contribuirá na redução da profunda desigualdade social.


O movimento Engenharia pela Democracia que defende o desenvolvimento econômico e socioambiental do Brasil com a valorização da engenharia, ciência, tecnologia, inovação (CT&I) e da Soberania nacional ressalta a importância do atual momento político e conclama todos a se unirem firmemente pela reconstrução do país e avanços das conquistas sociais dos trabalhadores.


A luta pelo trabalho decente, pelo fim do abjeto trabalho escravo, a formalização do trabalho "uberizado", o aprofundamento da reforma agrária, a igualdade salarial da mulher e do negro fazem parte da luta estratégica por empregos de qualidade e da educação continuada no processo produtivo.


A promoção e defesa das micros, pequenas e médias empresas, cooperativas e da economia solidária responsáveis por cerca de 80% dos postos de trabalho necessitam do acesso ao crédito, investimento e inovação tecnológica. Isso está ligado à necessidade imperiosa de diminuição dos maiores juros planetários, que inviabilizam a produção, a reindustrialização e o futuro de gerações de brasileiras e brasileiros.


Conclamamos a todas e todos que participem dos atos e comemorações unitários neste esperançoso e combativo 1º de Maio.


EngD - Engenharia pela Democracia em 1º de maio de 2023.

53 visualizações

Comentarios


bottom of page