top of page

EngD entrega carta ao governo Lula; leia a íntegra

Atualizado: 20 de dez. de 2023


“Carta ao Presidente Lula” foi entregue durante agenda do governo em Itaquera

O movimento Engenharia pela Democracia (EngD) entregou à Presidência da República uma carta com cinco reivindicações de interesse da engenharia nacional. O documento, batizado de “Carta ao Presidente Lula”, destaca a importância do Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e propõe medidas para impulsionar a participação de profissionais e empresas de engenharia no projeto.

 


A entrega ocorreu no sábado (16), em Itaquera, na zona leste de São Paulo, onde Lula autorizou o início das obras de moradia do empreendimento Copa do Povo. A EngD participou da cerimônia a convite de Alexandre Padilha, ministro de Relações Institucionais. O movimento foi representado pelo coordenador-geral Paulo Massoca; pelo o coordenador do Fórum Nacional EngD, Allen Habert; e pelo membro do Conselho Deliberativo José Manoel Ferreira Gonçalves, o Zé Manoel.



Na véspera, dia 15, Padilha já havia se reunido com uma comitiva da EngD. Além de Massoca, Allen e Zé Manoel, o coordenador de Controle e Finanças, Velfrides Barreto, também integrou a delegação, bem como o membro da EngD Luís Kolle, presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô de São Paulo (Aeamesp). O ministro teve acesso em primeira mão à “Carta ao Presidente Lula” e se comprometeu em buscar respostas do governo.

 

“É fundamental fortalecer a engenharia nacional, seus profissionais, as empresas brasileiras, em especial as micros, pequenas e médias, tão duramente atingidas pela operação Lava Jato e pelas políticas destrutivas e antinacionais promovidas pelos governos que o antecederam. Nesse sentido, chamamos a atenção para cinco pontos que, a nosso ver, devem ser considerados neste contexto e na aplicação dos recursos do novo PAC”, aponta o documento.


As propostas incluem a “simplificação dos processos de compras e contratações de serviços pelo Estado e suas empresas”, a criação do “Programa Mais Engenharia”, a ampliação do “índice de nacionalização nos projetos e programas de reindustrialização” e a “suspenção e revisão das privatizações de empresas públicas estratégicas”, como a Eletrobras e a Petrobras. Confira abaixo a íntegra da “Carta ao Presidente Lula”.

 




405 visualizações

Comments


bottom of page