top of page

Um ovo R$ 1,00!

Atualizado: 26 de mai. de 2022


Escrevo sob o impacto de uma cena deprimente que acabo de participar. Como muitos de vocês sabem, eu moro numa região do extremo da Grande São Paulo muito rica em água e florestas nativas, por enquanto. Mas infelizmente com um dos menores IDH´s, se não o menor do Estado de São Paulo.

Estava eu voltando para casa, há pouco quando parei numa venda para fazer uma pequena compra de algo completamente dispensável e observei a seguinte cena:

1. Uma senhora com duas crianças se aproxima da vendedora e questiona o preço da unidade do ovo, já que ela queria comprar 2 ovos;

2. A vendedora responde: R$ 1,00 por cada ovo;

3. A compradora questiona afirmando que tinha pago mais barato na semana anterior;

4. A vendedora de modo até grosseiro responde: o preço é esse, veja na prateleira a indicação.

5. A compradora então apresenta um cartão da Caixa e pede para verificar se é possível pagar os R$ 2,00 pelos 2 ovos e coloca a senha na maquininha.

6. A maquininha rejeita. Aquela pobre senhora e suas duas filhinhas iriam ficar sem seus dois ovos, observem... dois ovos! Em pleno dia 13 de maio o valor do auxílio do governo não suporta o sustento dessa senhora e suas duas filhinhas até o fim do mês!

7. Elas não foram embora sem os ovos, eu não sou tão insensível!

Mas relatei esse diálogo para demonstrar a que nível de miséria está submetido o nosso povo em tempos de tamanha carestia. A título de ilustração, há 3 ou 4 meses se comprava uma bandeja de 30 ovos a R$ 10,00, hoje se paga R$ 1,00 por um ovo.

Uma hora antes eu tinha debatido com um participante do grupo do Sindicato de Engenheiros da Delegacia do ABC que teve o desplante de publicar um post sugerindo que Bolsonaro seria eleito no primeiro turno.

Aquela situação já me angustiava e ao constatar a realidade do povo brasileiro pobre e sofrido poucos minutos após numa venda, ao presenciar uma senhora que estava se conformando por não conseguir comprar um ovo para cada uma das filhinhas, ao lembrar do infeliz do Engenheiro que há pouco me afrontara apoiando o Miliciano, me lembrei da Maricato que com toda a razão afirma e eu reafirmo: "Eu odeio a Classe média", porque é inconsequente, porque não é solidária, porque é individualista, porque é imediatista, porque acredita e propaga fake News, porque apoia milicianos, porque... Os motivos são muitos e muitos são os motivos pelos quais essa parcela da Classe Média não merece compaixão ou compreensão.

Mas a luta por restabelecer o direito de o povo brasileiro comer dignamente 3 vezes ao dia passa pelas próximas eleições, a defesa do povo humilde e desprezado passa pelas próximas eleições, esse país precisa ser refundado e isso também passa pelas próximas eleições e todo esforço e dedicação é necessária e importante para mudar esse país.

Hoje o povo brasileiro não consegue comprar um ovo e se soubermos fazer a diferença isso não durará muito tempo.

O Brasil e seu povo merecem muito mais!

Viva o povo brasileiro!

Vamos à luta!


62 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

1 comentario


Um ovo, R$ 1,00. Amaury, cenas como essas se repetem rotineiramente. Basta andar pelas ruas. Estamos com uma prioridade absoluta esse ano. Se não conseguirmos extirpar essa quadrilha do poder, o tsunami irá chegar.

Me gusta
bottom of page